Doxi-Om

 

O que é e como se utiliza?

Grupo farmaco-terapêutico 3.6-Venotrópicos.
DOXI-OM está indicado no tratamento sintomático da insuficiência venosa crónica dos membros inferiores:
pernas doridas, pernas pesadas e inchadas (estase venosa);
varizes; sensação de formigueiro e comichão, hiperpigmentação nas pernas(alterações tróficas da dermatose de estase).

DOXI-OM está indicado no tratamento das hemorróidas.

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome DOXI-OM

  • Se tem alergia (hipersensibilidade) ao dobesilato de cálcio (substância activa) ou a qualquer outro componente de DOXI-OM .
  • Durante o primeiro trimestre de gravidez e durante o aleitamento.
  • Doxi-OM está contra-indicado em crianças.

Tome especial cuidado com Doxi-OM

  • Se desenvolver febre elevada, infecções da cavidade oral , dor de garganta ou alterações inflamatórias na região anal e/ou genital, pare imediatamente o tratamento, uma vez que estes sintomas podem ser sinais de reacções de hipersensibilidade.- Se sofre de doença renal grave que requer diálise, a dose deve ser reduzida nestes casos.
  • Se estiver a fazer um tratamento de substituição do cálcio ou a tomar outros medicamentos contendo cálcio.
  • Se for idoso ou se tiver alterações da função hepática porque não existe informação sobre a utilização de Doxi-OM nestes casos.
  • Se sofre de úlcera gástrica ou duodenal, bem como, de gastrites recorrentes.

Tomar DOXI-OM com outros medicamentos
Informe o seu farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica. Os medicamentos podem influenciar a acção de outros medicamentos.

Até ao momento não foi confirmado qualquer caso de interacção entre Doxi-OM e outros medicamentos.. Doxi-OM pode influenciar os valores da creatinina sérica nos exames laboratoriais.

Tomar DOXI-OM com alimentos e bebidas
As cápsulas de DOXI-OM devem ser tomadas após as refeições a fim de minimizar qualquer perturbação gástrica.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Gravidez:
Embora não existam efeitos teratogénicos registados, a administração de DOXI-OM no primeiro trimestre de gravidez deve ser evitada, tal como para outros medicamentos. Durante os 6 meses seguintes, DOXI-OM deve ser tomado apenas em caso de necessidade e sob supervisão do seu médico. Uma vez que não é conhecido se o dobesilato de cálcio atravessa a barreira placentária, DOXI-OM deve ser tomado apenas após avaliação pelo seu médico, do potencial risco para o feto e do benefício para a doente.

Aleitamento:
Após administração oral, o dobesilato de cálcio é excretado no leite materno (0,4µg/ml após uma dose de 3x500mg). Do ponto de vista de segurança é recomendado não tomar este medicamento durante o aleitamento. Consulte o seu médico nesta situação.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram observados efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

Como é utilizado?

Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
Se sentir que o efeito de DOXI-OM é demasiado forte ou demasiado fraco, informe o seu médico ou farmacêutico.
A dose habitual é 1 a 2 cápsulas por dia, em doses fraccionadas ou em dose única. DOXI-OM destina-se a ser administrado por via oral, e as cápsulas devem ser engolidas sem serem abertas.
As cápsulas de DOXI-OM devem ser tomadas durante ou após as refeições. A dose deverá ser ajustada individualmentes de acordo com a gravidade da doença. A duração do tratamento depende da doença e da sua evolução.

Se tomar mais DOXI-OM do que deveria
Não estão descritos casos de sobredosagem. É recomendado que respeite cuidadosamente a dosagem correcta. Em caso de sobredosagem ou ingestão acidental por uma criança consulte o seu médico.

Caso se tenha esquecido de tomar DOXI-OM
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar DOXI-OM
Se parar de tomar Doxi-OM poderá colocar o sucesso do tratamento em risco. Não interrompa o tratamento sem consultar o seu médico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, DOXI-OM pode causar efeitos secundários. No entanto, estes não se manifestam em todas as pessoas.

DOXI-OM é normalmente muito bem tolerado e todas as reacções que possam ocorrer são geralmente reversíveis após tratamento.

Efeitos secundários frequentes (afectando 1 a 10 doentes em cada 100), , , , febre, , cansaço, aumento de peso, náuseas, diarreia, vómitos prisão de ventre, gastroenterite, erupção cutânea, dores de cabeça, vertigens, sonolência, dores articulares.

Efeitos secundários pouco frequentes (afectando 1 a 10 doentes em cada 1.000) Dispepsia, parestesias, insónias, palpitações cardíacas benignas (também designadas por taquicárdia), hipertensão arterial, infecções das vias respiratórias, incluindo orofaringite e laringite. Foram descritos casos isolados de redução do número de glóbulos brancos.

Geralmente estas reacções regridem espontaneamente após paragem do tratamento.

Podem ser sinais da redução dos globulos brancos o aparecimento de febre, infecções da cavidade oral , dor de garganta, inflamação anal e/ou genital Ver secção ?Tome especial cuidado com DOXI-OM ?.

Em caso de perturbações gastrointestinais deve reduzir-se a dose ou suspender temporariamente o tratamento, de acordo com o seu médico.

Se ocorrerem reacções cutâneas ou febre, deve interromper imediatamente o tratamento e informaro seu médico uma vez que efeitos podem ser sinais de reacções de hipersensibildade. No caso de alteração do número de células sanguíneas, o seu médico saberá o que fazer.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Como deve ser guardado?

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize DOXI-OM após o prazo de validade impresso na embalagem exterior após VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Conservar a temperatura inferior a 30ºC. Conservar na embalagem de origem para proteger da humidade.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.