Entact 10 mg/ml

 

O que é e como se utiliza?

Entact é utilizado para o tratamento da depressão, pânico e fobia social. A depressão é caracterizada pelo humor diminuído/deprimido, falta de energia, melancolia, sensações de pouca ou nenhuma valorização, perturbações do sono, isolamento e incapacidade para efectuar as tarefas diárias. A depressão pode também ser acompanhada por pensamentos suicidas. Os doentes deprimidos podem também sofrer de sintomas de ansiedade.

As perturbações de pânico são caracterizadas pelo desenvolvimento de ataques inesperados de pânico ou ansiedade intensos quando colocados em situações particulares, ou devido ao medo de experimentar novos ataques. A causa exacta que desencadeia os ataques de pânico varia de doente para doente. Os ataques de pânico recorrem quando o doente enfrenta de novo a mesma situação.

A fobia social é associada a um medo persistente e acentuado de situações sociais. Os doentes tendem a evitar situações sociais que lhes possam causar ansiedade ou angústia.

Entact vai aliviar estes sintomas e fazê-lo sentir-se melhor.

O seu médico pode, no entanto, receitar Entact para outra doença. Se tiver dúvidas relativamente ao motivo pelo qual Entact lhe foi receitado, pergunte ao seu médico.

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

O Entact não causa sonolência; contudo, como acontece com qualquer novo medicamento, deve ter precaução enquanto conduz ou utiliza máquinas, até que saiba como o afecta.

Como é utilizado?

A interrupção súbita deste tipo de medicação pode originar sintomas de privação, tais como tonturas, náuseas e cefaleias. Quando tiver terminado o tratamento é pois recomendado que a dose de Entact seja gradualmente reduzida ao longo de algumas semanas.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Alguns indivíduos podem sofrer efeitos secundários enquanto tomam Entact.

Os efeitos secundários são geralmente ligeiros e desaparecem habitualmente após alguns dias de tratamento. Tenha em atenção o facto de que muitos dos efeitos podem ser também sintomas da sua doença, e portanto diminuírem quando se começar a sentir melhor.

Se os efeitos secundários forem incómodos ou durarem mais de uma ou duas semanas, contacte o seu médico.

Os efeitos secundários observados em ensaios clínicos incluem:

Muito frequentes: (mais de 1 em cada 10)
Náuseas

Frequentes: (menos de 1 em cada 10, mas mais de 1 em cada 100)
Sinusite (nariz entupido ou com corrimento)
Diminuição do apetite
Dificuldade em adormecer

Sonolência
Tonturas
Bocejamento
Diarreia
Obstipação
Aumento da sudação
Perturbações sexuais (atraso na ejaculação, problemas com a erecção, motivação sexual diminuída; as mulheres podem ter dificuldade em atingir o orgasmo) Cansaço
Febre

Pouco frequentes: (menos de 1 em cada 100)
Perturbação do sono
Alteração do paladar

Caso detecte efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Adicionalmente, são conhecidos alguns efeitos secundários que ocorreram raramente com medicamentos que actuam de forma semelhante à do escitalopram (a substância activa do Entact). Incluem:

Tonturas quando está de pé devido a pressão arterial baixa
Níveis de sódio no sangue diminuídos (os sintomas são indisposição, com fraqueza muscular ou confusão)
Visão turva
Vómitos
Secura de boca
Alteração dos testes de função hepática (níveis aumentados de enzimas hepáticas no sangue)
Dores nos músculos e articulações
Febre alta, agitação, confusão, tremores e contracções súbitas dos músculos podem ser sinais de uma situação rara denominada síndrome serotoninérgico Convulsões, tremores, perturbações do movimento (movimentos involuntários dos músculos)
Alucinações, mania, confusão, agitação, ansiedade, despersonalização, ataques de pânico e nervosismo)
Dificuldade em urinar
Produção de leite em mulheres que não estão a amamentar
Rash, tendência aumentada para desenvolver nódoas negras, comichão, inchaço circunscrito.

Como deve ser guardado?

Mantenha sempre os medicamentos fora do alcance e da vista das crianças.

Após abertura, as gotas devem ser utilizadas no prazo de 16 semanas e não devem ser conservadas acima de 25ºC.
Conservar o frasco dentro da embalagem exterior de modo a proteger da luz.

O prazo de validade está inscrito na embalagem. Não utilize este medicamento após esta data.

Este folheto foi aprovado em Julho de 2004